Querido Diário…

Querido diário, há quanto tempo não escrevo?
Querido diário, o que aconteceu pra eu te abandonar assim?
“Querido diário, o que há de errado comigo?
Porque eu estou bem entre as linhas
Não tenha medo
A ajuda está à caminho
de uma pena suspensa no ar, longe dali
Querido diário, o que mais poderia ser?
Como erva-moura, como um vel, sob a vela do meu coração
Continue, não pare, até o fim
Querido diário, o que há de errado comigo?
Porque eu estou bem entre as linhas…”