Cowboys, Aliens & The Crazy Bitch

Cowboys, Aliens & The Crazy Bitch.

Do Blog da Rô que diz exatamente o que ocorreu hihihi ^-^

Anúncios

Meia Noite em Paris

Nunca diga a um moto-taxi que você está com pressa…. #piadainterna

Aiiiiai…hoje o dia foi cheio de sentimentos/acontecimentos/pensamentos…e a tarde fui com duas miguinhas (Ro e Fran) ver meia noite em Paris…

Surrealismo é a palavra que define o novo filme de Woody Allen. Não sou muito próxima a esse Diretor, mas gostei muito desse filme…às vezes parece que as mensagens querem aparecer pra gente e provar alguma coisa…

“O Surrealismo foi um movimento artístico e literário surgido primeiramente em Paris dos anos 20. Reúne artistas anteriormente ligados ao Dadaísmo ganhando dimensão internacional. Fortemente influenciado pelas teorias psicanalíticas de Sigmund Freud (1856-1939), mas também pelo Marxismo, o surrealismo enfatiza o papel do inconsciente na atividade criativa. Um dos seus objetivos foi produzir uma arte que, segundo o movimento, estava sendo destruída pelo racionalismo.”

Owen Wilson interpreta Gil, um “escritor” que não mostra seu novo romance para ninguém. Ele está noivo da patricinha Inez (Rachel McAdams – que parece a Paola Oliveira segundo minha amiga Fran).

Para Gil o paraíso é Paris… E em uma caminhada pro Hotel num dos becos Parisienses Gil “briga entre realidade versus ilusão”, volta no tempo e cai numa viagem surrealista onde encontra vários escritores e artistas famosos como: Pablo Picasso, Ernest Hemingway, Scott Fitzgerald e Salvador Dalí.

 Gil acaba descobrindo um “mundo” paralelo dentro dele próprio.

E o filme segue com músicas gostosinhas (Let’s do it – Cole Porter) e belíssimas imagens de Paris…tem até uma participaçãozinha da Carla Bruni.

E o desenrolar do longa caminha numa linha delicada entre nostalgia/sentimentalismo/surrealismo.

Gil foge da realidade pra buscar uma felicidade total das coisas que não pode ter. Acho que Woody Allen quis reforçar/mostrar (com a personagem Gil) que pro ser humano viver = estar insatisfeito.

Buscamos sempre uma outra realidade e no fim sempre temos a sensação de que a vida do alheio é sempre muito melhor e mais atraente que a nossa…

Vale muito a pena ver o filme!

Oscar 2011 – Vencedores…

E a Maratona Oscar 2011 vai acabando por aqui…

Ontem foi noite de Oscar, noite de tapete vermelho. Tudo muito bonito e cheio de glamour!

Antes do tapete vermelho eu e a Rô vimos Vampire Diaries 2X16 que está pra lá de emocionante! Tivemos trecos e chiliques quando Matt levou uma garrafada no pescoço, nos emocionamos ao ver Caroline cantar e demos risada da Isobel chegando no final. No fim ficamos puta porque amamos essa série e tava tudo caminhando legal, emocionante etc etc eis que chega a porcaria do Amercian Idol e estraga tudo. VD agora só em abril tsc…

Depois uma pausa de VD, nos distraímos com papo furado, papos interessantes e idéias com o fim do filme “O procurado” ao fundo…AÍ COMEÇOU O TAPETE VERMELHO!

A emoção reinava na sala. As duas estavam ansiosas pro OSCAR!

Eis que começa! TCHÃNÃnãnããããnnnn!!!

Os apresentadores estavam ótimos! Foi tudo muito engraçado!
Começou com a categoria Melhor direção de arte que não tinha no nosso concurso do Cinemark. Ganhou Alice.

Depois melhor fotografia. Votamos para Bravura indômita claro! A fotografia estava maravilhosa mesmo, principalmente na parte que o cavalo corre entre as estrelas…PERDEMOS. Ganhou “A origem”. AORIGEM DE MELHOR FOTOGRAFIA? Nus! Fazer o que né…não desanimamos.

Melissa Leo pediu para ser beliscada porque não acreditava que tinha ganhado. E foi JUSTAMENTE nela que votamos! Foi nossa primeira vitória! Comemoramos como se fosse gol de copa do mundo! UHUL!

Aí veio Toy Story! Tchá ching! Mais um ponto! E de repente a PORCARIA DO REDE SOCIAL ME GANHA DE ROTEIRO ADAPTADO! N=A=D=A=A=V=E=R!

E por aí foi…comemoramos muito e ficamos muito bicudas com outros votos injustos.

Natalie Portman e Colin Firth ganharam merecidamente e por fim o esperado “Discurso do Rei” levou o Oscar de melhor filme.

A transmissão da TNT foi boa e ficamos imaginando se um dia estaríamos lá no Oscar de corpo e alma. Já pensou? Sonhas faz bem né? Hehe…

Por fim foi uma ótima noite cheia de comes e bebes e muito F5 no site do cinemark após o fim do Oscar hehehehe.

Ficamos em 9527° lugar com 8 Acertos. Achei que foi bom sim. Não ganhamos o que queríamos e não acertamos tudo como queríamos, mas valeu a experiência pois esse foi o primeiro Oscar que vi TODOS os filmes e pude dar pitaco e torcer com gosto!

Como disse minha amiga:

“Ok. Prêmios merecidos: Melhor Filme, Melhor Ator, Melhor Atriz, Melhor ator coadjuvante, Melhor atriz coadjuvante, Melhor Figurino, Melhor Maquiagem, Melhor Efeitos Especiais e Melhor Roteiro Adaptado.

Ok. Premios desmerecidos, uma palhaçada eles terem ganho: Melhor Roteiro Original, Melhor Fotografia, Melhor Mixagem de Som, Melor Edição de Som, Melhor Canção Original, Melhor Trilha Sonora e Melhor Montagem.

Porque vamos comentar aqui. A Origem ganhar de melhor fotografia foi o cúmulo para quem assistiu Bravura Indomita. O Discurso do Rei ganhar de melhor roteiro original, bom, virei gaga depois disso, Melhor canção original ser para Toy Story 3 me fez chorar, e Melhor Trilha Sonora e Melhor Montagem para Rede Social me fez ficar com vontade de deletar aquele facebook.

Apesar de ter votado na Rede Social, não fiquei triste, pelo contrario, fiquei feliz que o Discurso do Rei ganhou, só votei na Rede Social porque estava cotado como queridinho do Oscar. O Discurso do Rei, entre os indicados, era o melhor mesmo para ganhar. Isso não quer dizer que ele deveria ganhar de Roteiro Original. Querem que eu comente mesmo sobre Fotografia esse ano? A Origem? Sério mesmo?”

Agora ano que vem tem mais né gente? Enquanto isso ficamos com nossas séries, livros, filmes e ATRÁS DE UM EMPREEEEGOOOOO =0 AAAAAAAAAAAAAAAA!

 

MELHOR FILME

Cisne Negro – Tá…eu gostei muito desse
O Vencedor
A Origem
O Discurso do Rei – VENCEDOR, mas esse ganhou mereceidamente…
A Rede Social
Minhas Mães e meu Pai – e desse também…
Toy Story 3
127 Horas
Bravura Indômita
Inverno da Alma ECAAAA

MELHOR DIRETOR

Darren Aronovsky – Cisne Negro
David Fincher – A Rede Social
Tom Hooper – O Discurso do Rei – VENCEDOR
David O. Russell – O Vencedor
Joel e Ethan Coen – Bravura Indômita

MELHOR ATOR

Jesse Eisenberg – A Rede Social UM COCO
Colin Firth – O Discurso do Rei – VENCEDOR
James Franco – 127 Horas
Jeff Bridges – Bravura Indômita
Javier Bardem – Biutiful

MELHOR ATRIZ

Nicole Kidman – Reencontrando a Felicidade
Jennifer Lawrence – Inverno da Alma
Natalie Portman – Cisne Negro – VENCEDORA
Michelle Williams – Blue Valentine
Annette Bening – Minhas Mães e meu Pai

MELHOR ATOR COADJUVANTE

Christian Bale – O Vencedor – VENCEDOR
Jeremy Renner – Atração Perigosa
Geoffrey Rush – O Discurso do Rei
John Hawkes – Inverno da Alma
Mark Ruffalo – Minhas Mães e meu Pai

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Amy Adams – O Vencedor
Helena Bonham Carter – O Discurso do Rei
Jacki Weaver – Animal Kingdom
Melissa Leo – O Vencedor – VENCEDORA
Hailee Steinfeld – Bravura Indômita

MELHOR LONGA ANIMADO

Como Treinar o Seu Dragão
O Mágico
Toy Story 3 – VENCEDOR YEYYY

MELHOR FILME EM LINGUA ESTRANGEIRA

Biutiful
Fora-da-Lei
Dente Canino
Incendies
Em um Mundo Melhor – VENCEDOR X

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE

Alice no País das Maravilhas – VENCEDOR
Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte I aaaaaaaaahhhhhhhhhh
A Origem
O Discurso do Rei
Bravura Indômita

MELHOR FOTOGRAFIA

Cisne Negro
A Origem – VENCEDOR ÃHNNNN COMO ASSIM?
O Discurso do Rei
A Rede Social
Bravura Indômita

MELHOR FIGURINO

Alice no País das Maravilhas – VENCEDOR
I am Love
O Discurso do Rei
The Tempest
Bravura Indômita

MELHOR MONTAGEM

Cisne Negro
O Vencedor
O Discurso do Rei
A Rede Social – VENCEDOR TIRA ISSO DAQUI AFFF NADA A VER
127 Horas – ESSE TINHA QUE GANHAR TSC

MELHOR DOCUMENTÁRIO

Lixo Extraordinário
Exit Through the Gift Shop
Trabalho Interno – VENCEDOR
Gasland
Restrepo

MELHOR DOCUMENTÁRIO EM CURTA-METRAGEM

Killing in the Name
Poster Girl
Strangers no More – VENCEDOR
Sun Come Up
The Warriors of Qiugang

MELHOR TRILHA SONORA

Alexandre Desplat – O Discurso do Rei
John Powell – Como Treinar o seu Dragão
A.R. Rahman – 127 Horas
Trent Reznor e Atticus Ross – A Rede Social – VENCEDORES . . . . tanta coisa boa e ganha isso
Hans Zimmer – A Origem

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL

“Coming Home” – Country Strong – Essa merecia
“I See the Light” – Enrolados
“If I Rise” – 127 Horas
We Belong Together – Toy Story 3 – VENCEDOR

MELHOR MAQUIAGEM

O Lobisomem – VENCEDOR
Caminho da Liberdade
Minha Versão para o Amor

MELHOR CURTA-METRAGEM DE ANIMAÇÃO

Day & Night
The Gruffalo
Let’s Pollute
The Lost Thing – VENCEDOR
Madagascar, Carnet de Voyage

MELHOR CURTA-METRAGEM

The Confession
The Crush
God of Love – VENCEDOR
Na Wewe
Wish 143

MELHOR EDIÇÃO DE SOM

A Origem – VENCEDOR
Toy Story 3
Tron – O Legado
Bravura Indômita
Incontrolável

MELHOR MIXAGEM DE SOM

A Origem – VENCEDOR
Bravura Indômita
O Discurso do Rei
A Rede Social
Salt

MELHOR EFEITOS ESPECIAIS

Alice no País das Maravilhas
Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte I
Além da Vida
A Origem – VENCEDOR
Homem de Ferro 2

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO

A Rede Social – VENCEDOR SEM COMENTARIOS AFF
127 Horas
Toy Story 3
Bravura Indômita
Inverno da Alma

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL

Minhas Mães e meu Pai
A Origem
O Discurso do Rei – VENCEDOR
O Vencedor
Another Year

Clique aqui e veja as fotos dos ganhadores.

Clique aqui e veja as fotos do Fantástico Tapete Vermelho!

BAFTA 2011 – Vencedores

Pronto! Agora acabou! O “Oscar britânico” (BAFTA) divulgou seus vencedores deste ano. Confira abaixo:

Melhor filme
O Discurso do Rei
O Cisne Negro
Bravura Indômita
A Origem
A Rede Social

Melhor diretor
Darren Aronofsky – O Cisne Negro
David Fincher – A Rede Social
Tom Hooper – O Discurso do Rei
Christopher Nolan – A Origem
Danny Boyle – 127 Horas

Melhor ator
Jesse Eisenberg – A Rede Social
Colin Firth – O Discurso do Rei
James Franco – 127 Horas
Javier Bardem – Biutiful
Jeff Bridges – Bravura Indômita

Melhor atriz
Annette Bening – Minhas Mães e Meu Pai
Julianne Moore – Minhas Mães e Meu Pai
Noomi Rapace – Os Homens que Não Amavam as Mulheres
Natalie Portman – Cisne Negro
Hailee Steinfeld – Bravura Indômita

Melhor ator coadjuvante
Christian Bale – O Vencedor
Pete Postlethwaite – Atração Perigosa
Andrew Garfield – A Rede Social
Geoffrey Rush – O Discurso do Rei
Mark Ruffalo – Minhas Mães e Meu Pai

Melhor atriz coadjuvante
Amy Adams – O Vencedor
Helena Bonham Carter – O Discurso do Rei
Barbara Hershey – O Cisne Negro
Lesley Manville – Another Year
Miranda Richardson – Made in Dagenham

Filme britânico revelação
127 Horas
Four Lions
Another Year
O Discurso do Rei
Made in Dagenham

Melhor estreia de roteirista, diretor ou produtor britânico
A Árvore – Clio Bernard (diretor), Tracy O’Riordan (produtor)
Exit Through the Gift Shop – Banksy (diretor), Jaimie D’Cruz (produtor)
Four Lions – Chris Morris (diretor/roteirista)
Monster – Gareth Edwards (diretor/roteirista)

Filme de língua estrangeira
Biutiful – México/Espanha
O Segredo dos Seus Olhos – Argentina
Os Homens que Não Amavam as Mulheres – Suécia
I Am Love – Itália
Of Gods and Men – França

Animação
Toy Story 3
Como Treinar o Seu Dragão
Meu Malvado Favorito

Roteiro original
Cisne Negro – Mark Heyman, Andres Heinz, John McLaughlin
O Vencedor – Scott Silver, Paul Tamasy, Eric Johnson
A Origem – Christopher Nolan
Minhas Mães e Meu Pai – Lisa Cholodenko, Stuart Blumberg
O Discurso do Rei – David Seidler

Roteiro adaptado
127 Horas – Danny Boyle, Simon Beaufoy
Os Homens que Não Amavam as Mulheres – Rasmus Heisterberg, Nikolaj Arcel
A Rede Social – Aaron Sorkin
Toy Story 3 – Michael Arndt
Bravura Indômita – Joel Coen e Ethan Coen

Trilha sonora
127 Horas – A.R. Rahman
Alice no País das Maravilhas – Danny Elfman
Como Treinar o Seu Dragão – John Powell
A Origem – Hans Zimmer
O Discurso do Rei – Alexandre Desplat

Fotografia
127 Horas
Cisne Negro
A Origem
O Discurso do Rei
Bravura Indômita

Edição
127 Horas
Cisne Negro
A Origem
O Discurso do Rei
A Rede Social

Design de produção
Alice no País das Maravilhas
Cisne Negro
O Discurso do Rei
Bravura Indômita
A Origem

Figurino
Alice no País das Maravilhas
Cisne Negro
O Discurso do Rei
Made in Dagenham
Bravura Indômita

Som
127 Horas
Cisne Negro
A Origem
O Discurso do Rei
Bravura Indômita

Efeitos especiais
Alice no País das Maravilhas
Cisne Negro
Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1
A Origem
Toy Story 3

Cabelo e maquiagem
Alice no País das Maravilhas
Cisne Negro
Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1
O Discurso do Rei
Made in Dagenham

Curta-metragem de animação
The Eagleman Stag
Matter fisher
Thursday

Curta-metragem
Connect
Lin
Rite
Turning
Until the River Runs Red

Astro em ascensão
Gemma Arterton
Andrew Garfield
Tom Hardy
Aaron Johnson
Emma Stone

Como o Brasil é uma maravilha em transmissões internacionais, ainda não achei nenhum programa inteiro, mas se você estiver muuuito afim de ver as premiações por parte é só clicar nesse canal do Youtube.

Fotos do FILME O DISCURSO DO REI
Mais FOTOS DO BAFTA

BAFTA 2011

BAFTA: British Academy of Film and Television Arts (Academia Britânica de Artes Cinematográficas e Televisivas). Não, juro que não sabia e nem conhecia esse tal de BAFTA que nada mais é que o Oscar britânico.

E hoje é dia do BAFTA 2011!!! COMO ASSIM? Eu fuçando em alguns sites e alguns twitters descubro isso e penso: nóóó a Rosane vai surtar hahahaha! Aí eu vi que AGORA 5 horas da tarde as celebridades já entrarão no  teatro Royal Opera, em Londres  (Tapete Vermelho), e que daqui a pouco, lá pelas sete (19) começa a entrega de prêmios.

Li também que normalmente a TNT mostrava a premiação, mas parece que esse ano nenhum canal, aqui no Brasil, vai transmitir o BAFTA (DROGA!). Eu achei um link que supostamente vai transmitir: http://pt-br.justin.tv/baftas09#

Vi que Rupert Grint vai receber homenagem junto com o elenco de ‘Harry Potter’ e que…

“Entre os primeiros a chegar, os atores britânicos Rupert Grint e Nicholas Hoult. Por falar em Rubert, o astro será homenageado ao lado do elenco de Harry Potter e também da autora dos livros, J.K. Rowling, pela contribuição da série ao cinema britânico.

Christopher Lee, famoso por seus filmes de terror, entre eles Drácula (1958), também recebe uma homenagem pela sua carreira como artista durante a entrega dos prêmios.

Entre os indicados a melhor filme estão Cisne Negro, A Origem, O Discurso do Rei, A Rede Social e Bravura Indômita.

Javier Bardem (Biutiful), Jeff Bridges (Bravura Indômita), Jesse Eisenberg (A Rede Social), Colin Firth (O Discurso do Rei) e James Franco (127 Horas) disputam as estatuetas de melhor ator.

Annette Benning (Minhas Mães e Meu Pai), Julianne Moore (Minhas Mães e Meu Pai), Natalie Portman (Cisne Negro), Noomi Rapace (Os Homens Que Não Amavam as Mulheres) e Hailee Steinfeld (Bravura Indômita) concorrem a melhor atriz.”

Fonte: Terra

Já que não tem Jhonny Deep, então fica o Gerard Butler p/ Ro hahaha

Rupert Grint já chegou!

Nicholas Hoult, de Um grande Garoto e Skins

Confira a lista com os indicados nas principais categorias:

Melhor Filme
Cisne Negro
A Origem
O Discurso do Rei
A Rede Social
Bravura Indômita

Melhor Diretor
Danny Boyle- 127 Horas
Darren Aronofsky- Cisne Negro
Christopher Nolan- A Origem
Tom Hooper- O Discurso do Rei
David Fincher- A Rede Social

Melhor Ator
Colin Firth (King George VI) – O Discurso do Rei
James Franco (Aron Ralston) – 127 Horas
Javier Bardem (Uxbal) – Biutiful
Jeff Bridges (Marshal Reuben J Cogburn) – Bravura Indômita
Jesse Eisenberg (Mark Zuckerberg) – A Rede Social

Melhor Atriz
Annette Bening (Nic) – Minhas Mães e Meu Pai
Hailee Steinfeld (Mattie Ross) – Bravura Indômita
Julianne Moore (Jules) – Minhas Mães e Meu Pai
Natalie Portman (Nina Sayers / The Swan Queen) – Cisne Negro
Noomi Rapace (Lisbeth Salander) – The Girl With The Dragon Tattoo

A premiação acontecerá na tradicional Royal Opera House em Londres, no dia 13 de fevereiro. Para ver a lista completa de indicados clique em

Roteiro Adaptado
127 Horas
The Girl With The Dragon Tattoo
A Rede Social
Toy Story 3
Bravura Indômita

Roteiro Original
Cisne Negro
O Vencedor
A Origem
Minhas Mães e Meu Pai
O Discurso do Rei

Ator Coadjuvante
Andrew Garfield (Eduardo Saverin) – A Rede Social
Ben Kingsley (Dr Cawley) – Ilha do Medo
Christian Bale (Dicky Eklund) – O Vencedor
Geoffrey Rush (Lionel Logue) – O Discurso do Rei
Mark Ruffalo (Paul) – Minhas Mães e Meu Pai
Pete Postlethwaite (Fergus ‘Fergie’ Colm) – Atração Perigosa

Atriz Coadjuvante
Amy Adams (Charlene Fleming) – O Vencedor
Barbara Hershey (Erica Sayers / The Queen) – Cisne Negro
Helena Bonham Carter (Queen Elizabeth) – O Discurso do Rei
Lesley Manville (Mary) – Another Year
Miranda Richardson (Barbara Castle) – Made In Dagenham

Melhor Ator/Atriz Revelação (Oragen Wednesdays Rising Award)
Gemma Arterton
Andew Garfield
Tom Hardy
Aaron Johnson
Emma Stone

Melhor Filme Estrangeiro
Biutiful
The Girl With The Dragon Tattoo
I Am Love
Of Gods and Men
O Segredo dos Seus Olhos

Melhor Curta
Connect
Lin
Rite
Turning
Until The River Runs Red

Melhor filme Britânico
127 Horas
Another Year
Four Lions
O Discurso do Rei
Made in Dagenham

Melhor estréia de um Roterista, Produtor ou Diretor Britânico
The Arbor
Exit Through The Gift Shop
Four Lions
Monsters
Skeletons

Animação
Toy Story 3
Meu Malvado Favorito
Como Treinar o Seu Dragão

Melhor Curta de Animação
The EagleMan Stag
Matter Fisher
Thursday

Maquiagem
Alice no País das Maravilhas
Cisne Negro
Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte I
O Discurso do Rei
Made In Dagenham

Efeitos Especiais

Alice no País das Maravilhas
Cisne Negro
Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte I
A Origem
Toy Story 3

Trilha Sonora
127 Hours
Alice no País das Maravilhas
How To Train Your Dragon
A Origem
O Discurso do Rei

Som
127 Hours
Cisne Negro
A Origem
O Discurso do Rei
Bravura Indômita

Edição
127 Horas
Cisne Negro
A Origem
O Discurso do Rei
A Rede Social

Figurino
Alice no País das Maravilhas
Cisne Negro
O Discurso do Rei
Made In Dagenham
Bravura Indômita

Direção de Arte
Alice no País das Maravilhas
Cisne Negro
A Origem
O Discurso do Rei
Bravura Indômita

Fotografia

127 Horas
Cisne Negro
A Origem
O Discurso do Rei
Bravura Indômita

Harry Potter e as relíquias da morte

Pré-estréia de Harry!!! Meia noite e dez que era pra ser meia a noite e um né hehehe, mas tava muito legal! Dessa vez optamos (Eu, Marco, Rô, Luis, Álefe, Haniel e  Sara) por ir no UCI que agora tem cadeiras numeradas. Foi demais! Foi lindo!

No primeiro filme você conhece Harry e seus amigos com um pouco de desconfiança. Depois, lá pelo segundo filme a intimidade com as personagens aumenta. No terceiro, uma grande amizade se faz e vocês passam por tanta coisas juntos! Muito tempo depois você vai crescer e vai precisar se separar vai precisar encarar o fim. Todo o fim é triste. E é assim que me sinto…

“Harry Poter e as Relíquias da morte” já começa melancólico e não precisa de falas para expressar sofrimentos latentes de fim. Harry se aproxima do quartinho embaixo do armário e dá sua última olhada, um olhar vazio refletido de um adeus. Pela primeira vez a pré-estréia não foi uma gritaria. O público, logo de início, já sentiu um começo de triste adeus. Os sentimentos cutucam logo de cara e as duas horas e vinte e seis minutos de duração foram assim: Antíteses emocionais capaz de fazer sentir, rir, refletir e chorar. Muitas vezes se percebia que até os meninos no cinema seguravam seus soluços e logo enxugavam as lágrimas. Um filme onde os atores já estão super amadurecidos e as personagens também. Filme marcante, belo pelos efeitos sonoros e visuais com uma ilustração fofa no meio. Qualidade cinematográfica do início ao fim. A magia dos bruxos interferindo na magia do cinema. E infelizmente não termina… Julho de 2011 que nos aguarde…