Sobre o nada

Imagem

Nada parou para que o que estivesse quebrado colasse. Nada desandou para que o que estava em inércia andasse. Nada foi iluminado para o que estivesse na escuridão visse a luz. Nada procurou quem estava perdido. Nada correu atrás de ninguém. Nada justificou um erro passado. Nada segurou um futuro. Nada ajudou sozinho quem não quis ser ajudado. Nada mudou quem não quis ser mudado. Nada progrediu quando o regredir foi mais alto. Nada parou de perseguir um sentimento ferido, um coração abatido.

Tudo seguiu empurrado como um nada.

Tudo seguiu vazio como o nada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s