Diretamente de Bauru…

De Bauru city… minha amada cidade!

Faz um tempinho que não escrevo. A internet aqui não é uma das mais rápidas hehehe. Tô aqui em bauru revendo amigos, matando a saudade, revendo a cidade. Cheiros, cores,músicas, sentimentos, várias coisas passam pela minha cabeça quando venho aqui….

Esses dias saí com Nat e Pedro, amanhã verei Camila…pessoas que considero pra caramba! Já andei no Centro, Shopping e tô na casa da vó. Acho que vou ao Zoo um dia desses, adoro ir lá!

Vou deixar umas fotos e uma música que ouvi no filme “De repente 30”.

Eu vi esse filme antes de ontem pela quinta vez eu acho. Eu  já gostava da atriz Jennifer Garner de quando eu via uns episódios de “Alias”. Nesse filme eu achei que ela tá muito engraçada. Tá, o roteiro é bobinho, é fraquinho, o filme tem umas putas falhas, por exemplo, ela tem 13 anos e vive na “era da fita cassete”. De repente a garota tem 30 anos e tá na era da tecnologia…

Pedro Ná e eu =)

Alguns críticos também falam que esse filme é “plágio” do divertido Quero Ser Grande, atuado por Tom Hanks em 1988, mas “nada se cria, tudo se copia” hehehe, eu não tô aqui pra meter o pau no filme. É um desses filmes pra se ver quando não se quer pensar muito, numa tarde chuvosa, sei lá…

Quando eu era nova eu não via a hora de ser grande e poder fazer tudo. Depois eu envelheci e vi que não era bem assim. Aí eu pensei que envelhecer é uma bosta apesar de tudo ter seu tempo e cada idade ter seu encanto (isso minha mãe que fala). Mas ao mesmo tempo é engraçado tudo isso, todas essas mudanças por que passamos os ao longo do tempo.

Frans Café! Pedro comendo um brownie

Minha vida foi sempre assim divida em fases. Minha grande virada tá sendo agora na Faculdade (que infelizmente tá acabando). Não sei se o curso é o que quero pra vida toda, mas andei descobrindo coisas novas, pessoas diferentes, interessantes, ridículas e outras maravilhosas! Aprendi a pensar,  raciocinar, ter menos preguiça e finalmente ter opiniões. Não que antes eu não tinha nada disso. Eu tinha, só  não era muito atenta e ligada, sempre fui meio que disléxica…

Sebo.....aaaatchooooooo

Ah mas o filme né. Tem a participação do Mark Ruffalo que faz o papel do romântico, fofo,fotógrafo nhénhénhé…

E aí “De repente 30” termina te dando um sentimento de satisfação. Seria bom poder voltar e trocar o errado pelo certo, arrumar algumas cagadas da vida. Só algumas também né, senão a vida perde a graça. Mas é, o fim é agradável e com o final daqueles  felizes para sempre. Em alguns momentos é possível ignorar tudo e deixar-se levar pelo espírito meigo.

“Acho que todos nós queremos sentir alguma coisa que esquecemos ou deixamos para trás. Porque não tínhamos percebido o quanto era importante. Precisamos nos lembrar das coisas que já foram boas. Se não fizermos isso não vamos reconhecê-las, nem se estiverem na nossa cara.”

Pois é! É disso que eu preciso agora. Era disso que eu estava querendo falar…

 

Anúncios

4 comentários sobre “Diretamente de Bauru…

  1. Eu tb, qdo era mais nova nao via a hora de crescer, hj, um pouquinho crescida insisto em ser uma eterna criança.
    Eu tb, faria MUITAS mudancas se eu pudesse voltar atras, mudancas q fariam com q hj minha vida estivesse totalmente diferente, algumas pro bem outras pro mal, mas diferente.
    Adoro o filme e a musica. Alias, o filme tem outras musicas gracinhas
    Post 10 como sempre 😉

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s